Parque Tecnológico

O Parque Tecnológico de Pato Branco é uma estrutura modelo, voltada à pesquisa, extensão e incubação de empresas de base tecnológica. No espaço, é possível criar e desenvolver projetos inovadores, que consolidam o ambiente tecnológico do município e a postura de Pato Branco enquanto Cidade Inteligente, inovadora e conectada com o futuro.

Inaugurado em 01 de Julho de 2016, o espaço dispõem de estruturas físicas compostas por seis módulos industriais de 553,8 m² cada para empresas âncoras, e 1720 m² divididos em 32 salas de 25 m² cada, destas 8 são ocupadas pela SMCTI e as demais destinadas a empresas incubadas na ITECPB.

A distribuição dos espaços utilizados pela SMCTI ficam da seguinte forma:

  • 01 – Coworking
  • 03 – Salas administrativas
  • 01 – Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento
  • 01 Laboratório de Impressão 3D
  • 02 Laboratório de Robótica
  • 01 Espaço Ciência
 

DOS OBJETIVOS

Art. 4° O Parque Tecnológico tem por objetivo principal contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social de Pato Branco, do Paraná e do Brasil; através da estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócios capaz de potencializar as atividades de pesquisa científica e tecnológica; a introdução de inovações e a transferência de tecnologia; além de criar e consolidar empreendimentos de classe mundial no desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas e de novas tecnologias, produtos e processos.

O Parque Tecnológico tem a finalidade de:

  • Atrair novas atividades de pesquisa, desenvolvimento e produção de bens e serviços
    inovadores;
  • Incentivar novas iniciativas de base tecnológica;
  • Estimular a transferência de tecnologias para os integrantes do Parque;
  • Estimular a visão empreendedora e oportunidades de trabalho;
  • Aproximar a comunidade dos integrantes do Parque Tecnológico, criando oportunidades
    para novos projetos de pesquisa tecnológica de ponta.

 

§ 1°. Os objetivos do Parque Tecnológico poderão ser atingidos por meio da interação e cooperação entre instituições de ensino, instituições científicas e tecnológicas, empresas de base tecnológica, entidades ou órgãos da administração pública direta e indireta federal, estadual e municipal.